Alguns detalhes do curso

Competências Gerais Profissionais
  • Operar, monitorar e controlar processos industriais químicos e sistemas de utilidades.
  • Controlar a qualidade de matérias primas, reagentes, produtos intermediários e finais.
  • Otimizar o processo produtivo, utilizando as bases conceituais dos processos químicos.
  • Manusear adequadamente matérias primas, reagentes e produtos.
  • Planejar e executar a inspeção e a manutenção autônoma e preventiva rotineira, em equipamentos, linhas, instrumentos e acessórios.
  • Utilizar ferramentas na análise de riscos do processo, de acordo com os princípios de segurança.
  • Aplicar normas do exercício profissional e princípios éticos que regem a conduta do profissional da área.
  • Aplicar técnicas de Boas Práticas de Fabricação nos processos industriais e laboratoriais de controle de qualidade.
  • Controlar mecanismos de transmissão de calor, operação de equipamentos com trocas térmicas, destilação, absorção, extração e cristalização.
  • Controlar sistemas reacionais e a operação de sistema sólido-fluido.
  • Aplicar princípios de instrumentação e sistemas de controle e automação.
  • Controlar a operação de processos químicos e equipamentos, tais como caldeira industrial, torre de resfriamento, troca iônica e refrigeração industrial.
  • Interpretar e executar análises instrumentais no processo.
  • Coordenar programas e procedimentos de segurança e de análise de riscos de processos industriais e laboratórios, aplicando princípios de higiene industrial, controle ambiental e destinação final de produtos.
  • Coordenar e controlar a qualidade em laboratório e preparar análises, utilizando metodologias apropriadas.

 

Organização Curricular do Curso

A organização curricular do curso Técnico de nível médio em Química observa as determinações legais presentes nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional de nível Técnico, nos Referenciais Curriculares Nacionais da Educação Profissional de nível técnico e no Decreto nº 5154/04.

A organização do curso está estruturada na matriz curricular, por componentes curriculares distribuídos em três anos letivos, oferecido no horário diurno.

A carga horária total das etapas é de 4404 h, sendo 2400 h para a Base Comum (equivalente ao Ensino Médio) e 2004 h para a Base Tecnológica (equivalente ao Ensino Técnico).

A estrutura curricular que resulta das diferentes etapas estabelece organização de conhecimentos e saberes provenientes de distintos campos disciplinares e de atividades formativas que integram a formação técnica e a formação prática, em função das competências profissionais que se propõe a desenvolver.

A prática profissional será iniciada nos laboratórios da escola, sob a orientação do professor, que coordenará atividades voltadas para os procedimentos técnicos e orientação na utilização de produtos, materiais e equipamentos da área e pressupõe intercâmbio permanente entre a teoria e a prática, perpassando todas as etapas, de forma interdisciplinar, contextualizando os conhecimentos práticos oriundos das teorias tratadas nos conhecimentos científicos.

A prática profissional pode ser desenvolvida na própria escola e fora dela, através de atividades como: estudos de caso; conhecimento do mercado; pesquisas individuais e em equipe; visitas técnicas a instituições públicas e/ou privadas, como indústrias químicas e instituições de pesquisa; e, elaboração de projetos, individuais ou coletivos, com prazos para início e término e apresentação de relatórios.

  A prática profissional oportunizará ao aluno:

  • integração entre as diferentes disciplinas;
  • visão de como e onde atua o técnico de nível médio;
  • relacionamento com o mercado de trabalho;
  • aprimoramento dos alunos em sua área de atuação profissional.

 

 

 

 

 

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!